Category: BR (page 1 of 35)

Deputados repetem estratégia que salvou Temer para evitar desgaste com reforma da Previdência

Marun é o único voto oficialmente a favor da reforma da Previdência e deve assumir ministério na próxima semana (Foto: Arquivo)

Os deputados federais de Mato Grosso do Sul repetem a estratégia, que livrou o presidente Michel Temer (PMDB) de ser julgado por obstrução da Justiça e chefiar organização criminosa, na votação da reforma da Previdência. Polêmica ao extremo, por ser dura demais com os trabalhadores e proposta por um Governo aprovado por apenas 3% dos brasileiros, a Proposta de Emenda Constitucional só em um voto favorável, o do deputado federal Carlos Marun (PMDB),cotado para assumir a Secretaria de Governo. Leia Mais

Tereza, Elizeu, Geraldo e Marun dão vitória a turma do mal e votam a favor do crime organizado

Michel Temer deixa hospital após ficar sete horas internado: ele não será julgado pelos crimes de corrupção passiva, obstrução da justiça e por chefiar uma quadrilha.

O dia 25 de outubro de 2017 será lembrado na história do Brasil como a vitória do crime organizado e da corrupção. A vitória da turma do mal, que sai impune apesar das evidências de corrupção, obstrução da Justiça e organização criminosa para roubar a Petrobras, Furnas e Caixa Econômica contou com o apoio dos deputados Tereza Cristina Corrêa da Costa (sem partido), Carlos Marun (PMDB), Geraldo Resende e Elizeu Dionizio, ambos do PSDB. Leia Mais

Polícia Federal de MS encontra prova de R$ 1 mi da JBS a Temer, mas Lama Asfáltica patina

Temer e o governador Reinaldo Azambuja (PSDB), ambos investigados por corrupção, e o presidente da Assembleia, Junior Mochi (PMDB): enquanto o povo sofre com os efeitos da corrupção, eles curtem as benesses do poder (Foto: Palácio do Planalto)

A Operação Máquinas de Lama, realizada pela Polícia Federal de Mato Grosso do Sul em 11 de maio deste ano, localizou mais uma prova do pagamento de propina de R$ 1 milhão pela JBS ao presidente da República, Michel Temer (PMDB), acusado de corrupção, obstrução da Justiça e de chefiar organização criminosa. No entanto, apesar do impacto nacional, a Operação Lama Asfáltica patina no Estado. Leia Mais

Citado em duas delações, Comper foi usado pela JBS para distribuir R$ 5 milhões a políticos

Rede de supermercado mostrou influência ao transformar monumento histórico em outdoor no sábado. Pichação comercial pode? (Foto: O Jacaré)

A JBS usava a Rede Comper, a maior varejista de Mato Grosso do Sul e 8ª no ranking nacional, para fazer doações e pagar propinas aos políticos. Duas delações envolvem o Grupo Pereira, que também é dono do Bate Forte e do Fort Atacadista, no esquema milionário de propinas e doações ilegais para corromper políticos no Estado. Leia Mais

Agora será a vez de deputados aderirem ao acordão da vergonha e cantar o hit “não tô nem aí”?

Acusado de chefiar organização criminosa, corrupção e obstrução da Justiça, Temer está feliz porque deve contar, pela segunda vez, com a ajuda do tucano para se livrar das denúncias

Nunca a classe política brasileira se desligou dos interesses e debochou tanto dos brasileiros como no atual momento. No entanto, o movimento a favor da corrupção e da impunidade não acabou com os votos dos senadores Pedro Chaves (PSC), Waldemir Moka e Simone Tebet, ambos do PMDB. Agora será a vez dos deputados aderirem ao acordão da vergonha e cantar o hit “não tô nem aí” para salvar o presidente da República, Michel Temer (PMDB), acusado de corrupção passiva, obstrução da Justiça e chefiar uma organização criminosa. Leia Mais

Older posts

© 2017 O Jacaré