Category: JORNALISMO INVESTIGATIVO (page 1 of 6)

Deputada dá calote de R$ 4,5 mi e guerra judicial revela uso da mãe para fazer negócio com a JBS

Deputada e JBS travam batalha na Justiça sobre financiamento feito para instalar confinamento em Terenos

A deputada federal Tereza Cristina Corrêa da Costa Dias (PSB) deu calote de R$ 4,5 milhões na J & F Investimento, dos irmãos Joesley e Wesley Mendonça Batista. A guerra judicial travada entre a parlamentar e a JBS, que revelou um dos maiores esquemas de corrupção no País, mostra que ela fechou negócio com o grupo quando comandava a Secretaria Estadual de Produção e usou a mãe para garantir o faturamento de aproximadamente R$ 1 milhão por ano.

A transação nebulosa foi parar nos tribunais de Campo Grande e o envolve o confinamento montado na Fazenda Santa Eliza, em Terenos, a 23 quilômetros da Capital. Leia Mais

Contratada a “peso de ouro”, empresa atrasa entrega e Marquinhos deixa alunos sem uniforme

Foi só um teatro: em 27 de março, Marquinhos e os vereadores William Maksoud, Carlão e Valdir Gomes fizeram propaganda da entrega dos uniformes, que corre o risco de ser concluída só após as férias de julho (Foto: Arquivo/PMCG)

Contratada a “peso de ouro” e sem licitação, a Reverson Ferraz da Silva – ME, da pequena cidade de Cerquilho, no interior de São Paulo, não conseguiu atender a demanda e atrasou a entrega dos uniformes para os estudantes do ensino fundamental e da EJA (Educação de Jovens e Adultos).

Apesar do teatro realizado há três meses, o prefeito Marquinhos Trad (PSD) não cumpriu a promessa e os alunos devem concluir o primeiro semestre sem o vestuário distribuído gratuitamente pelo município. Leia Mais

Secretária ignora denúncia e MPE investiga meritocracia tucana baseada no nepotismo

Maria Cecília ignora denúncia e mantém práticas que deveriam ser sepultadas em nome da meritocracia e de programas para garantir qualidade no ensino (Foto: Divulgação/Arquivo)

A Secretaria Estadual de Educação ignorou a denúncia de nepotismo, feita pelo O Jacaré em 5 de maio deste ano. No entanto, o MPE (Ministério Público Estadual) decidiu investigar, em sigilo, o “cabide de empregos” montado para acomodar filhas, esposas, cunhados e irmãos na pasta. Leia Mais

JBS usou doleiro de Eduardo Cunha para pagar propina de R$ 1 milhão a Puccinelli

Eduardo Cunha, preso em Curitiba, ao lado do ex-prefeito Gilmar Olarte, condenado por corrupção, do secretário de Fazenda, Márcio Monteiro, e André, os dois últimos são citados na delação da JBS

O doleiro Lúcio Funaro, preso acusado de integrar o esquema do ex-presidente da Câmara dos Deputados, Eduardo Cunha (PMDB), pagou R$ 1 milhão em propina ao ex-governador André Puccinelli (PMDB). A revelação consta da delação premiada do ex-presidente da JBS, Joesley Batista, e da planilha entregue ao Supremo Tribunal Federal. Leia Mais

Governo paga R$ 13,8 mil para professora ser secretária do “marido”, mas nega reajuste aos docentes em sala

Trabalhadores em educação protestam por reajuste. Estilo tucano dá valor para quem está fora da sala da aula e “penaliza” quem enfrenta a jornada diária de dar aulas (Foto: Divulgação)

O caso do “cabide de empregos” de parentes na Secretaria Estadual parece ser mais surreal que enredo de filme. Enquanto nega o reajuste de 7,64% no piso dos professores, apesar de estar previsto em lei e ser compromisso da campanha eleitoral em 2014, o governador Reinaldo Azambuja (PSDB) permite o pagamento de R$ 13,8 mil em salários a uma docente que cumpre expediente como secretária do “marido”. Leia Mais

Older posts

© 2017 O Jacaré